quarta-feira, 4 de abril de 2018

Guia De Compras

Guia De Compras

Se você está pensando em equipar o seu ginásio em casa com um aparelho cardio funcional e alternativas para as passadeiras elípticas, o remo é a sua solução.

Embora, talvez, por desconhecimento, falta de informação, você se sente um pouco desorientada na hora de decidir que tipo de remo é o melhor para ti.

Por isso, a partir de GymCompany, apresentamos a guia definitivo para comprar um remo com garantias de sucesso.

O que é uma máquina de Remo?

O remo é um equipamento de tamanho médio para um intensivo treinamento cardiovascular e de baixo impacto Não requer de motor porque quando você criar a sua própria resistência ao remar. Assim, quanto mais energia apliques, mais rígido será o treinamento.

De fato, o funcionamento das máquinas de remo indoor é muito parecido com a resistência que geram as bicicletas elípticas, porque ambas as máquinas funcionam sem motor.

Além disso, como com o resto de máquinas de cardio, no remo hidráulico também permite graduar o nível de resistência para adaptar a máquina às suas necessidades.

O que devo classificar para comprar um remo ?

Quando se dirija até a loja para adquirir o seu primeiro remo deve certificar-se de uma série de coisas para garantir o sucesso da compra. Acima de tudo, presta atenção:

Postura e selim: Têm de ser confortáveis, já que, no remo, se envolvem muitos músculos e é muito importante que o movimento seja o mais adequado. Caso contrário, podem sofrer lesões

Construção: Sólida e resistente. Isso depende da qualidade dos materiais e do tipo de fabricante
Opções de ajuste: As medidas do remo hidráulico é regulam a partir do selim. Se você pode ajustar, então será válido par qualquer usuário
Resistência: Ajustável e bem equilibrada. O movimento deve ser suave e fluido
Garantia: Uma boa garantia e serviço pós-venda.
Console: é Cada vez mais comum encontrar em remos uma consola integrada oferecendo todo tipo de informação. A partir velocidade, tempo decorrido, frequência cardíaca, distância, etc.

Tipos de remos de acordo com resistência

Existem três tipos principais de máquinas de remo , que variam de acordo com seus sistemas de resistência:

Resistência ao ar

Os remos com resistência do ar são os mais comuns nos ginásios e centros de fitness. Esta tipologia de remos funcionam com um volante de inerciaal que quanto mais força você apliques na fase de propulsão (quando estamos puxando), mais resistência gerada pela máquina.

Uma das grandes vantagens dos remos de resistência do ar é que são leves e fáceis de transportar. Assim, são ideais para ter em casa. Não obstante, também tem desvantagens: são equipamentos que fazem muito ruído e apenas encontrar resistência no norte de iniciação.

Resistência hidráulica

Os remos de resistência hidráulica não são tão populares como os de ar. O sistema é semelhante ao do remo de ar, simplesmente, neste caso, a resistência é feito através de um tanque de água. Dentro do tanque há umas pás que se põem cada vez que se tira do remo. Quanto maior é a quantidade de água mais resistência oferece.

O melhor de tudo é que a experiência de remado é muito semelhante à realidade. Além disso, a resistência é a mesma nas duas fases do norte. O mais positivo deste tipo de remos é que existe a possibilidade de ajustar a resistência, já que não é função de força ao puxar.

Além disso, são umas máquinas muito silenciosos e permitem um movimento suave.

Resistência magnética

O melhor destes remos, é que a resistência pode ser regulada de acordo com as necessidades do usuário. Além disso, não requerem apenas manutenção porque a resistência dos ímãs é restaurado a cada vez que ligar a máquina.

Benefícios dos remos

Quando decidir melhorar a sua saúde, a primeira coisa que te vem à cabeça é treinar em uma academia e, em seguida, você parece montado para a passadeira, elíptica uma bicicleta de ciclo indoor.

Mas, com certeza, que não se veio a cabeça as máquinas de remo. A máquina de remo, é um equipamento de fitness que se deve ter em conta, já que tem muitos benefícios para a sua saúde: melhore a sua postura e a sua mobilidade, ao mesmo tempo em que se exercita, praticamente, todos os grupos musculares do corpo. É, acima de tudo, muito prático para aquecer antes de fazer outro tipo de treinamento e, como qualquer outro exercício de cardio, para ganhar capacidade aeróbica.

1. Perder peso

O remo ajuda a queimar calorias de forma muito rápida. Então, se um de seus objetivos fitness é perder peso, o remo será um grande aliado em sua rotina. Uma pessoa de 83kg de peso, pode chegar a perder quase 400 calorias treinando cerca de 30 minutos em uma máquina de remo usando Colastrina fórmula. O exercício regular nesta máquina fitness irá ajudá-lo a reduzir as calorias, uma parte muito importante na hora de perder peso.

2. Benefícios cardiovaculares

O remo é um exercício de resistência que aumenta a função do coração e utiliza os carboidratos para fornecer a energia necessária para fazer exercício. Como exercício aeróbico conseguirá melhorar o sistema respiratório, o coração e a circulação. Além disso, é a pedra angular de uma rotina de exercício efetivo.

3. Reduz o stress

É uma boa maneira de aliviar tensões e acabar com o estresse. A atividade física estimula os centros de prazer no cérebro. Os exercícios cardiovasculares, em especial ,aumentam a quantidade de endorfinas liberadas no corpo associados com Blue caps funciona, o que pode reduzir o estresse e até mesmo reduzir os sentimentos de depressão.

Outros benefícios


  • Muito baixo impacto nas articulações

  • Uma vez que domine a técnica, o movimento é fluido e as lesões são muito pouco prováveis.

  • Você gera sua própria resistência, de forma que quanto mais energia você colocar no treino, maior é a resistência gerada.

  • Compatibilidade de freqüência cardíaca significa que você pode controlar o seu desempenho e ajustar o ritmo, seja para melhora de forma para queima de calorias.

segunda-feira, 2 de abril de 2018

Os 5 Erros Mais Comuns Ao Fazer Musculação

Os 5 Erros Mais Comuns Ao Fazer Musculação

Apesar de que você já é um especialista no ginásio e que passe o dia na sala de musculação bombeando músculo, ainda pode ser que você esteja cometendo alguns erros durante seus treinos.

Não deixe que esses erros sabotêm seus ganhos durante mais tempo.

Erro 1: foco na elevação, e não no movimento descendente.

Fazer muitas repetições a grande velocidade, pode fazer você se sentir como o mais forte do ginásio, mas se você se concentrar na fase de descida do movimento, você pode obter maiores e melhores benefícios.

Ao diminuir a velocidade deste movimento elimina a elasticidade natural dos músculos e dos tecidos conjuntivos, por que o peso é exercer mais resistência e por mais tempo. Esta técnica promove o crescimento muscular e aumenta a força, já que não se baseia no impulso da gravidade para poder ser executado, e sim a própria força

O declínio lento e controlado faz com que o exercício seja mais difícil, por isso que o mais provável é que se tenha que reduzir a carga durante um tempo a executar uma versão do exercício em que o movimento possa ser executado corretamente com maior facilidade se querem aproveitar os benefícios deste tipo de treinamento a longo prazo.

Nosso conselho: Toma de 4 segundos para abaixar o peso, faça uma pausa durante 2 segundos na parte inferior, leva 2 segundos para levantar o peso, e faz uma pausa durante 2 segundos na parte superior. Faça este exercício.

ERRO 2: Limitar-se a fazer os seus exercícios favoritos.

A estas alturas, certamente você tem uma rotina definida, que usa habitualmente, já sabe que os exercícios se dão bem e que te funcionam melhor em cada grupo muscular. Não obstante, estes exercícios certamente se estão firmes e limitando.

Se quiser trabalhar todos os grupos musculares, você tem que sustentar os seus pontos fracos, corrigir seus maus hábitos e desafiar seu corpo, recorrendo a aqueles movimentos exercícios que te são mais difíceis de executar.

Você tem que certificar-se de que estar trabalhando os movimentos fundamentais, especialmente e testar aqueles que impliquem uma amplitude e mobilidade particular em segundo lugar.

Nosso conselho: Inclui em sua rotina de exercícios que envolvam movimentos básicos do corpo humano, como a tração, o impulso, o curl e o agachamento e coloca como concretizá-los e revê-los em cada treino.

Escolha exercícios que atendam a esses padrões, e você terá uma rotina de todo o corpo eficaz para aumentar seus ganhos sem esquecer movimentos fundamentais e preparándote para superar os exercícios que antes representavam um desafio.

ERRO 3: Realizar os exercícios em uma única posição.

Você certamente sabe que a adição de peso há um exercício mais difícil. Não obstante, se o que pretende é fazer com que o seu corpo realmente trabalhe mais duro desde a cabeça até os pés, você deve mudar a sua postura ao realizar um mesmo exercício.

Nem sempre você tem que estar com os pés na mesma distância dos ombros e olhando para a frente. A alteração da forma de colocar os pés sobre o chão, e, portanto, ativar os músculos estabilizadores da ação, faz com que aumente o desafio do movimento do exercício.

Trabalhar estes músculos você fortalece o core do corpo, melhorias na estabilidade, e ganha força em outros músculos do corpo, fato que irá ajudá-lo a mover cargas mais pesadas com o tempo.

Nosso conselho: Comece em uma posição escalonada, com o pé esquerdo na frente do direito. Agora, mova o pé direito a um par de centímetros para a esquerda. Seus pés devem formar uma linha reta que passe por baixo de seu corpo.

Quer que seja ainda mais difícil? Começa em uma postura dividida em linha, e então desça o corpo em uma estocada para que o seu joelho de trás cierna sobre o chão.

ERRO 4: Pular o aquecimento.

Um aquecimento adequado pode transformar o seu treino. O aquecimento melhora a amplitude de movimento, aumenta a estabilidade articular, reduz o risco de lesões e melhora a comunicação entre a sua mente e os seus músculos.

Se você adicionar um aquecimento à sua rotina durante duas semanas consecutivas, logo você vai perceber que a parte mais importante do treinamento era que uma vez que você estava evitando.

Nosso conselho: Completa um aquecimento de cerca de 10 minutos antes da sessão de exercícios, realizando alongamentos em primeiro lugar, a abertura de movimentos e alguns exercícios de intensidade baixa e que eles possam começar a ativar o ritmo cardíaco.

ERRO 5: Esquecer-se da posição de costas.

Quanto mais confortável você se sente na sala de musculação, é mais fácil cair em um ritmo e uma rotina e esquecer-se de alguns detalhes do treinamento. Uma parte do treinamento, que não deveria passar por alto o fato de reforçar o Core e manter uma postura correta.

Deve-Se assegurar que a coluna vertebral está em seu alinhamento neutro, o que reduz o risco de lesões graves nas costas. Já seja que você está pegando um peso do chão em tentar superar-se no treino, costas deve permanecer sempre plana, com o abdômen concentrado: deve-se estabilizar o corpo cada vez que se tenha um peso em sua mão, sem flexionar estender as costas.

Nosso conselho:: Sopra fortemente e aperta os músculos abdominais, como se estivesse a ponto de ser atingido no estômago. Mantenha essa contração durante todo o exercício, ao realizar todos os movimentos. Repõe esta postura antes de cada repetição.

sexta-feira, 30 de março de 2018

Evo Como Proteína De Rápida Ou Lenta Assimilação?

Evo Como Proteína De Rápida Ou Lenta Assimilação?

Hoje em dia, o leque de produtos relacionados com a suplementação de proteína em pó é muito amplo, e há uma grande quantidade de modelos e tipos, o que nos torna realmente difícil a tarefa de escolher um determinado.

Lembre-se que a proteína é o macronutriente principal que possui benefícios para o ganho de massa muscular, manutenção bem a redução de gordura. É necessário obter um mínimo de proteínas em função de nossa condição física, e de acordo com a atividade que se realize.

Obviamente, os requisitos de indivíduos ativos superam amplamente os sedentários, e, portanto, haverá que garantir a ingestão de proteínas de alto valor biológico.

O valor biológico é uma medida de aproveitamento que nos permitirá utilizar os aminoácidos, que formam a proteína, para levar a cabo os inúmeros processos fisiológicos, tanto para a síntese proteica, bem como para a produção de hormônios, enzimas...

Em primeiro lugar, o mais importante é saber exatamente que tipos de proteína disponíveis no mercado, baseada em uma característica em particular: a velocidade de absorção

Tipos de Proteína

Dentro da gama de produtos proteicos podemos dividir a proteína em dois grupos:
Proteína de rápida assimilação de quitoplan composição, ou seja, possuem algumas características que lhe conferem uma rápida digestão e posterior assimilação

Proteína de libertação gradual, seriam contrário das anteriores, podendo encontrar proteínas que necessitam de maior tempo de digestão, bem, são formadas por diferentes proteínas com índices de absorção diferentes, obtendo um produto de liberação multifásico"

Quando precisamos de uma proteína de rápida lenta assimilação?
Tal como o nome indicam, segundo sejam as nossas necessidades com relação ao momento em que a ingestão de proteínas é requerida, nos decantaremos por um tipo ou outro.

A proteína de rápida absorção é recomendada para momentos tais como:


  • Recém-levantado
  • Antes de entrenar
  • Depois de treinar


A proteína de libertação gradual, é aquela que nos abastece de nutrientes durante um período maior de tempo, no qual não vamos ingerir alimento, e poderíamos citar:
Antes de dormir

Entre as refeições, se eles vão passar um determinado número de horas

Dentro das opções de proteína de liberação lenta, encontra-se a caseína micelar , tal como a que encontramos no produto Evocasein Maxberry. É uma proteína altamente recomendado para se tomar prevemos um longo período sem realizar ingestão de alimento, pouco antes de ir dormir, e que, claro, renda dentro das nossas necessidades diárias.

Visto, então, o motivo pelo qual podemos adquirir uma ou outra proteína baseada em como nos pode facilitar a tomada de proteína em função do tempo, passamos a analisar, dentro da gama de proteínas de rápida assimilação, que tipos existem.

Neste caso, vamos nos referir a proteína cuja origem é o soro de leite, whey protein (nós recomendamos a loja HSNstore , onde você pode encontrar uma ampla variedade), dado que é uma das que maior índice de introdução tem no mercado, mas também existem de outras fontes, como carne, ovo, do tipo vegetariano/vegano, como as de soja, ervilha arroz.

Concentrado de proteína de soro de leite

Esta proteína é obtida a partir do soro do leite (o leite é composto de 80% de caseína proteína lenta" e soro proteína rápida"). Sua concentração de fração protéica geralmente cerca de 70% no produto pronto para o consumo final. Costuma conter alguns traços de gordura e lactose.

Para quem é dirigido?

Esta proteína é recomendada para pessoas que estão começando seus treinos e desejam incorporar uma fonte de proteína como suplemento. Do mesmo modo, pode ser uma excelente opção para usuários mais avançados, como o método de cumprir com as necessidades diárias de proteínas.

Um produto muito bom, é Evowhey Protein da HSN Sports , o qual se trata de uma proteína do tipo Concentrado disponível em uma imensa quantidade de sabores, e que tem uma grande aceitação.

Mantém um excelente textura, é de fácil dissolução, e além disso, é ideal até mesmo como ingrediente de receitas, tal como panquecas, waffles, muffins, misturado com outras fontes, como queijo fresco, iogurte, aumentando assim o valor protéico.
Isolado de proteína de soro de leite

Este tipo de proteína obedece à que se obtém depois de experimentar certos processos nos quais se isola", ou seja, você vai microfiltrando (aqui existem várias técnicas), eliminando a lactose, gorduras e hidratos de carbono, e conseguindo uma proteína mais pura. Os Isolados de proteína de soro de leite oferecem em torno de 85-90% de proteína no produto final.

Um bom exemplo de pureza deste tipo de proteína seria: Whey Protein Isolate 92% (você pode encontrá-la na seção de isolados de soro de HSNstore ), obtida pelo CFM (Microfiltração por Fluxo Cruzado", o qual é um procedimento que garante a manutenção das fracções proteicas que guardam relação com benefícios para a nossa saúde, como melhorar o sistema imunológico.

Para quem é dirigido?

O Isolado de proteína de soro de leite seria a proteína recomendada para pessoas que sofram de alguma intolerância à lactose. Além disso, pelo seu alto conteúdo de proteína, seria uma opção muito boa para as dietas de baixa caloria, nas quais se promove a perda de gordura. Não obstante, também é claro, uma excelente decisão como fonte de proteína para tomar como complemento a nossa nutrição.

Hidrolisado de proteína

Hidrolisar proteínas significa dividir" a estrutura molecular da mesma, obtendo unidades mais pequenas, e, portanto, mais absorvíveis. Estas unidades a que nos referimos se tratam os aminoácidos, que formam as proteínas. O processo de digestão de proteína leva a digerirla, e obter aminoácidos.

Neste sentido, sobre um hidrolisado de proteína da colastrina, pode-se dizer que já foi passado este processo, e vai oferecer um alto teor de peptídeos (as ligações entre aminoácidos que é a forma em que realmente absorve o nosso corpo a proteína).

Um hidrolisado de proteína é o tipo de proteína mais rápido para que os aminoácidos podem estar disponíveis na corrente sanguínea.

Para quem é dirigido?

O hidrolisado de proteína é uma proteína recomendada para pessoas que procuram um produto de eficiência, dado que mantenha um elevado ritmo de treino, aplicando alta intensidade e alta freqüência, e se vejam obrigados a otimizar a sua recuperação, além de influenciar o processo de ganho muscular.

O hidrolisado de proteína está pensado para ser o shake pós-treino perfeito. Evohydro de HSN , será plena garantia de oferecer um hidrolisado obtido a partir do Isolado de proteína, mantendo suas propriedades, e, claro, serve para as pessoas intolerantes à lactose.


Consegue Seus Objetivos De Treino

Consegue Seus Objetivos De Treino

Se o que procura é correr mais rápido, queimar mais gordura, aumentar a resistência, construir mais massa muscular simplesmente ganhar mais flexibilidade, você precisa de um plano.

A seguir apresentamos os 10 objetivos mais comuns, e ajudá-lo a obtê-lo a partir de uma série de técnicas e planejamento de rotinas. Então continue lendo se você quer aprender a levar o seu treino para o próximo nível.

1 - Queimar mais gordura

Conseguir queimar mais gordura requer uma queima geral de calorias. Os exercícios cardiovasculares, que são executados durante tempos prolongados e de longas distâncias são os que contribuem para queimar um maior percentual de calorias de gordura, mas aumentando apenas um
pouco a intensidade, consegue-se aumentar a queima de calorias e gorduras totais, e a nível geral.

O treinamento por intervalos de queima de uma quantidade maior de calorias devido ao efeito pós-combustão", conhecido como Excesso de Consumo de Oxigênio Pós-Exercício (EPOC). Irá continuar queimando calorias durante horas depois de seu treinamento, até que o corpo volte ao estado de pré-treino. Tenta ir alternando sprints de 20 a 30 segundos por cada 5 minutos de corrida em ritmo normal.

2 - Correr mais rápido

A luta por uma nova melhor marca pessoal por ganhar um amigo na próxima 10K exigem exercícios para melhorar o comprimento da passada (distância que se consegue com cada passo) e a freqüência de passada (como se movem rápido as pernas).

Isso é porque, em última instância, a velocidade de corrida baseia-se na multiplicação do comprimento da passada por sua freqüência, o que implica aumentar a força e o poder dos extensores de quadril, especialmente os glúteos e isquiotibiais.

Por isso, recomenda-se a incorporação de agachamento, step-ups e as flexões búlgaras de uma perna (a perna para trás elevada em um banco que ajuda a melhorar o comprimento da passada), durante os treinos, assim como também os movimentos que fortalecem a panturrilha.

3 - Levantar mais peso

Ganhar mais força requer duas coisas: ir além de sua zona de conforto e usar o peso que lhe fadiga não mais de seis repetições. Vários estudos mostram que obterá os melhores resultados utilizando 2-6 séries de seis repetições e períodos de 2-5 minutos de descanso entre cada série.

O descanso entre as séries, permite poder voltar a repetir o exercício, na seguinte série. Se você quer se concentrar em seu desempenho quando trabalha as costas e não pode realizar, pelo menos, quatro cinco dominadas, recomenda-se fazê-los em um ângulo de uma máquina Smith em outra barra reta testando pulldowns em uma máquina de cabo.

4 - Aumentar a resistência

Se você pretende sobreviver aos seus adversários no campo de jogo em uma corrida de corrida, precisa fortalecer seu coração, aumentar sua capacidade de absorção de oxigênio nos músculos e lidar com os subprodutos do exercício, como o ácido láctico.

Você pode usar um combinado de longa e curta distância e treinamento com intervalos de alta intensidade (HIIT). Isso inclui 5-6 dias de longas distâncias lentas que também compreendem três dias de intervalo. Trata de obter 30-40 segundos de sprints a toda potência combinados com 3-4 minutos, a um ritmo mais lento. HIIT ajuda a fortalecer o coração e favorece uma maior absorção de oxigênio no músculo a trabalhar. É importante beber líquidos com este exercício, porque quanto mais hidratado você estiver, menor a chance de sofrer um empurrão cãibras durante o exercício.

5 - Melhorar a agilidade

A agilidade é muito útil para evitar poças em um dia chuvoso um buraco na calçada ao caminhar correr.

Assim, a agilidade é a capacidade de iniciar, parar e mudar de direção de maneira eficiente, e, por isso, são recomendados três exercícios para melhorar: exercícios de escada, corrida de obstáculos exercícios de cones. Para os exercícios de escadas de agilidade, você pode construí-lo você mesmo com tiras de papel comprar um em uma loja de desporto.

São colocados os marcadores (canetas, blocos de papel...) no chão ao longo de 9 metros e separados entre si 46 cm. Começa com os dois pés na primeira caixa e pule para as duas seguintes, com os pés juntos. Depois salta aterrissando com os dois pés fora da próxima caixa. Continua pulando com os dois pés fazendo duas caixas dentro e dois fora.

6 - Aumentar a potência

Aumentar a potência permite mover um objeto levantar um peso mais rápido do que faria. A potência pode ser aumentada incorporando exercícios pliométricos na sua rotina, mas estes movimentos explosivos necessitam de uma base sólida e não são aconselháveis para iniciantes. Começa com treinos de 5-10 segundos e vá progredindo.

Para começar com esses saltos no agachamento ponte de pé com as pernas afastadas e as mãos entrelaçadas atrás da cabeça. Mantenha o seu peso sobre os calcanhares, e põe-se de cócoras, até que suas coxas estejam paralelas ao chão e permanece nesta posição. Sem fazer nenhum movimento contrário e sem usar seus braços, salta tão alto quanto lhe seja possível. Ao pousar, certifique-se de absorver o impacto empurrando os quadris para trás e flexionando os joelhos.

7 - aumenta a flexibilidade

O aumento da flexibilidade consiste em realizar alongamentos estáticos, passivos, PFN e dinâmicos. O alongamento estático envolve alongar um músculo e mantê-lo durante 30 segundos assim, com o qual, se concentra em um músculo específico.

O alongamento passivo requer o uso de uma cinta, a gravidade, o peso corporal ou outra pessoa para aplicar a força enquanto descontrai. Os alongamentos de PNF (Facilitação neuromuscular Propioceptiva) implicam um método de relaxamento e contração normalmente utilizado por atletas.

Os alongamentos dinâmicos incluem muitos músculos e as articulações e oferecem a melhor união entre exercício e esporte. É recomendável que você faça 2-3 séries de 20. Utiliza alongamentos leves antes do exercício (e depois de um aquecimento) e realiza
outros mais intensos após o mesmo.

8 - Melhorar o equilíbrio

Equilíbrio implica em algo mais do que a capacidade de atravessar uma barra de equilíbrio sem cair, já que integra a força, a mobilidade, a flexibilidade dinâmica e a estabilidade do core. Por conseguinte, melhorar o equilíbrio implica fortalecer os pés e a parte inferior da perna com exercícios como levantamento de panturrilha.

Trata de manter o equilíbrio sobre um pé e vá progredindo parando sobre um pé em uma superfície instável, como um tapete de yoga enrolada uma almofada de equilíbrio. Mais tarde você pode fazer o mesmo com os olhos fechados para remover um feedback visual e aumentar o desafio.

9 - Prepare a força do core

A força do core intervém em todos os esportes e atividades, evite lesões e mantém o abdômen em forma. Você pode começar a trabalhá-la com um exercício isométrico simples como a prensa.

Começa com a prancha, e depois segue com a prancha lateral e elevação de quadril; mantendo cada posição de 30 a 60 segundos. Se a prancha tradicional, é muito difícil começar apoiando os joelhos. Você também pode aumentar o desafio, levantando um pé do chão.