segunda-feira, 2 de abril de 2018

Os 5 Erros Mais Comuns Ao Fazer Musculação

Os 5 Erros Mais Comuns Ao Fazer Musculação

Apesar de que você já é um especialista no ginásio e que passe o dia na sala de musculação bombeando músculo, ainda pode ser que você esteja cometendo alguns erros durante seus treinos.

Não deixe que esses erros sabotêm seus ganhos durante mais tempo.

Erro 1: foco na elevação, e não no movimento descendente.

Fazer muitas repetições a grande velocidade, pode fazer você se sentir como o mais forte do ginásio, mas se você se concentrar na fase de descida do movimento, você pode obter maiores e melhores benefícios.

Ao diminuir a velocidade deste movimento elimina a elasticidade natural dos músculos e dos tecidos conjuntivos, por que o peso é exercer mais resistência e por mais tempo. Esta técnica promove o crescimento muscular e aumenta a força, já que não se baseia no impulso da gravidade para poder ser executado, e sim a própria força

O declínio lento e controlado faz com que o exercício seja mais difícil, por isso que o mais provável é que se tenha que reduzir a carga durante um tempo a executar uma versão do exercício em que o movimento possa ser executado corretamente com maior facilidade se querem aproveitar os benefícios deste tipo de treinamento a longo prazo.

Nosso conselho: Toma de 4 segundos para abaixar o peso, faça uma pausa durante 2 segundos na parte inferior, leva 2 segundos para levantar o peso, e faz uma pausa durante 2 segundos na parte superior. Faça este exercício.

ERRO 2: Limitar-se a fazer os seus exercícios favoritos.

A estas alturas, certamente você tem uma rotina definida, que usa habitualmente, já sabe que os exercícios se dão bem e que te funcionam melhor em cada grupo muscular. Não obstante, estes exercícios certamente se estão firmes e limitando.

Se quiser trabalhar todos os grupos musculares, você tem que sustentar os seus pontos fracos, corrigir seus maus hábitos e desafiar seu corpo, recorrendo a aqueles movimentos exercícios que te são mais difíceis de executar.

Você tem que certificar-se de que estar trabalhando os movimentos fundamentais, especialmente e testar aqueles que impliquem uma amplitude e mobilidade particular em segundo lugar.

Nosso conselho: Inclui em sua rotina de exercícios que envolvam movimentos básicos do corpo humano, como a tração, o impulso, o curl e o agachamento e coloca como concretizá-los e revê-los em cada treino.

Escolha exercícios que atendam a esses padrões, e você terá uma rotina de todo o corpo eficaz para aumentar seus ganhos sem esquecer movimentos fundamentais e preparándote para superar os exercícios que antes representavam um desafio.

ERRO 3: Realizar os exercícios em uma única posição.

Você certamente sabe que a adição de peso há um exercício mais difícil. Não obstante, se o que pretende é fazer com que o seu corpo realmente trabalhe mais duro desde a cabeça até os pés, você deve mudar a sua postura ao realizar um mesmo exercício.

Nem sempre você tem que estar com os pés na mesma distância dos ombros e olhando para a frente. A alteração da forma de colocar os pés sobre o chão, e, portanto, ativar os músculos estabilizadores da ação, faz com que aumente o desafio do movimento do exercício.

Trabalhar estes músculos você fortalece o core do corpo, melhorias na estabilidade, e ganha força em outros músculos do corpo, fato que irá ajudá-lo a mover cargas mais pesadas com o tempo.

Nosso conselho: Comece em uma posição escalonada, com o pé esquerdo na frente do direito. Agora, mova o pé direito a um par de centímetros para a esquerda. Seus pés devem formar uma linha reta que passe por baixo de seu corpo.

Quer que seja ainda mais difícil? Começa em uma postura dividida em linha, e então desça o corpo em uma estocada para que o seu joelho de trás cierna sobre o chão.

ERRO 4: Pular o aquecimento.

Um aquecimento adequado pode transformar o seu treino. O aquecimento melhora a amplitude de movimento, aumenta a estabilidade articular, reduz o risco de lesões e melhora a comunicação entre a sua mente e os seus músculos.

Se você adicionar um aquecimento à sua rotina durante duas semanas consecutivas, logo você vai perceber que a parte mais importante do treinamento era que uma vez que você estava evitando.

Nosso conselho: Completa um aquecimento de cerca de 10 minutos antes da sessão de exercícios, realizando alongamentos em primeiro lugar, a abertura de movimentos e alguns exercícios de intensidade baixa e que eles possam começar a ativar o ritmo cardíaco.

ERRO 5: Esquecer-se da posição de costas.

Quanto mais confortável você se sente na sala de musculação, é mais fácil cair em um ritmo e uma rotina e esquecer-se de alguns detalhes do treinamento. Uma parte do treinamento, que não deveria passar por alto o fato de reforçar o Core e manter uma postura correta.

Deve-Se assegurar que a coluna vertebral está em seu alinhamento neutro, o que reduz o risco de lesões graves nas costas. Já seja que você está pegando um peso do chão em tentar superar-se no treino, costas deve permanecer sempre plana, com o abdômen concentrado: deve-se estabilizar o corpo cada vez que se tenha um peso em sua mão, sem flexionar estender as costas.

Nosso conselho:: Sopra fortemente e aperta os músculos abdominais, como se estivesse a ponto de ser atingido no estômago. Mantenha essa contração durante todo o exercício, ao realizar todos os movimentos. Repõe esta postura antes de cada repetição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário